Síntese das palestras do CTur - 01/10/2014

As novas práticas gerenciais em fase de implemento no Galeão foram levadas ao CTur da CNC pelo diretor de Desenvolvimento Estratégico da Concessionária Aeroporto Rio de Janeiro, Randall Aguero. O contrato de operação, manutenção e expansão prevê aplicações da ordem de R$ 5, 2 bilhões, ao longo de cinco anos, sendo R$ 2 bilhões até abril de 2016, quando começam as obras de mudanças estruturais. A Infraero segue na condição de sócia individual majoritária, com 49% de participação. O grupo controlador se compõe pelas empresas Odebrecht Transport (60%) e Changi Airports International, de Cingapura (40%).

“O primeiro ponto que identificamos no Galeão se referia à importância de criarmos uma identidade diferenciada, capaz de virar a mesa na percepção do cliente. Estamos falando em sinergia entre todos os atores do sistema aeroportuário. O segundo objetivo compreende o alargamento do potencial de negócios em várias frentes. Vamos tirar o maior proveito do sítio, a fim de incrementar a quantidade de opções aos 60 mil passageiros e às 22 mil pessoas que de alguma maneira circulam, diariamente, no local. Pela verdadeira conexão entre as pessoas é o slogan que o Departamento de Comunicação e Marketing tem procurado emplacar, de forma que todos se sintam confortáveis. Pretendemos dar ao Galeão condições a que cresça a um nível de oferecer ligações às maiores cidades dos Estados Unidos, Europa, América Latina e Ásia”, informou Randall.

Download

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.