Chef do Senac-PE é indicada para prêmio nacional

AddToAny buttons

Compartilhe
17 A 18 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Prêmio Nacional Dólmã tem como finalista ex-aluna do Senac
Ex-aluna do Senac, a chef pâtissier Tânia Bastos representará o Estado no evento da premiação, como finalista
Crédito
Fecomércio-PE

17/01/2020

O Estado de Pernambuco participa do Prêmio Nacional Dólmã, premiação máxima da gastronomia brasileira que valoriza e reconhece o trabalho dos profissionais de cozinha que se destacam na área. Ele será representado por ex-aluna do Senac, a chef pâtissier Tânia Bastos.

Realizado pela primeira vez em 2014, o prêmio Dólmã possui duas categorias: estadual, que premia um profissional por estado entre os três concorrentes; e nacional, que premia um chef entre os cinco indicados por região (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste).

Uma das representantes do Estado no prêmio é a chef pâtissier e instrutora do Senac Pernambuco Tânia Bastos. “Estou muito feliz (pela indicação), é fruto de muito trabalho e dedicação, e a responsabilidade só aumenta. A premiação Dólmã é uma grande revolução positiva para o Brasil, pois tem em sua essência a valorização coletiva, proporcionando aos Estados brasileiros a possibilidade de se reinventar, valorizando sua cultura gastronômica, que vem se destacando como uma das áreas que mais crescem”, comentou Tânia.

A cerimônia de premiação acontecerá no Piauí, estado anfitrião do Enchefs Brasil, na última semana do mês de maio, em homenagem ao Dia do Cozinheiro, comemorado no Brasil, no dia 10 de maio de 2020. Os vencedores recebem a estatueta dólmã patrimônio da gastronomia brasileira. A ideia do prêmio é promover o encontro de chefs para a socialização e a troca de experiências.

Mais informações do site da Fecomércio-PE