Fecomércio-PA realiza Rodada de Debates Empresariais

AddToAny buttons

Compartilhe
04 A 05 out 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Fecomércio-PA realiza Rodada de Debates Empresariais
Fecomércio-PA realiza Rodada de Debates Empresariais

04/10/2019

A Fecomércio-PA realizou Rodada de Debates Empresariais, em 1 de outubro, na Casa do Comércio com a presença de diretores da Federação, representantes sindicais, empresários e pesquisadores. Entre os temas debatidos as oportunidades de negócios com a China e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais.

O vice-presidente da Fecomércio-PA e presidente do Sindilojas Baixo Amazonas, Alberto Oliveira, abriu o evento que iniciou com o painel "China: cultura e oportunidades de negócios" com a participação da Presidente Regional da Câmara Regional de Desenvolvimento Internacional Brasil – China (CCDIBC), Mayra Castro.

De acordo com Mayra Castro, uma das missões da CCDIBC é a intermediação e a conexão entre China e Brasil através de negócios. "Em termos de intermediação, trabalhos com cinco produtos principais: exportação, importação, financiamento em curto e longo prazo e assessoria às prefeituras".

Mayra destacou alguns perfis de clientes priorizados: "A primeira coisa é saber se possui visão de negócios com a China? Isso é fundamental. Outros pontos são a capacidade financeira, a capacidade de operação, garantia (relacionadas ao financiamento) e potencial para realização do projeto", explicou. A assessora econômica da Fecomércio-PA, Lúcia Cristina Lisboa, foi a mediadora da palestra do CCDIB.

Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

O segundo painel debateu temas relacionados aos impactos das tecnologias nos negócios, como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais e Bitcoin e a revolução Blockchain. Debateram os temas os assessores jurídicos, Rafaele Fernandes da Fecomércio-PA, Andréa Freire Reis do Sesc-DN, Paulo Maia do CDL Belém, além de Omar Maier do Sesc-DN. A mediação foi realizada pelo diretor da Fecomércio-PA e presidente do Sindilojas Belém, Joy Colares.

Ao falarem sobre a Lei 13.709/2018, os assessores jurídicos apontaram algumas medidas que as empresas precisam adotar para prevenir e evitar sanções administrativas. Eles apontaram que as empresas devem observar e garantir o alinhamento com normas, controles internos e externos, além de manter-se em acordo com as diretrizes e políticas estabelecidas em seu próprio negócio. "Entre os principais pontos para adoção de boas práticas e governanças está a adoção do compliance", destacou Andréa Freire.