Fecomércio-TO protocola ofício que pede a manutenção do desconto de ICMS complementar

AddToAny buttons

Compartilhe
07 A 08 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
O desconto do diferencial de alíquota do ICMS para empresas enquadradas no Simples atualmente é de 75%
A Fecomércio-TO e os sindicatos patronais filiados se dizem contrário a um desconto de 50%
Crédito
Fecomércio-TO

7/01/2020

No intuito de cobrar do Governo Estadual o pedido feito ao vice-governador Wanderley Barbosa, em reunião do dia 18 de dezembro de 2019, a Fecomércio-TO protocolou em 20 de dezembro um ofício destinado ao secretário da Fazenda do Tocantis, Sandro Henrique Armando, solicitando a manutenção do desconto do diferencial de alíquota do ICMS para empresas enquadradas no Simples, que atualmente é de 75%.

A Fecomércio-TO e os sindicatos patronais filiados, representados pelo presidente da entidade, Itelvino Pisoni, se dizem contrários a um desconto de 50%. “Caso o governo não nos ouça, o impacto será muito grande não somente para os empresários, mas para os consumidores. Hoje temos um desconto de 75%, e já é difícil para o empresário manter o negócio de pé”, afirmou.

Outras entidades também estão articulando e solicitando o mesmo pleito, que, caso não seja atendido, terá impacto negativo na economia e, principalmente, nas pequenas empresas do Estado.