MP da liberdade econômica inclui pedido da Fecomércio-RS para abertura do comércio em feriados

AddToAny buttons

Compartilhe
10 A 11 jul 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Federação sugeriu alterações que gerassem maior garantia para a abertura do comércio nos feriados, da mesma forma como ocorre para os domingos
Federação sugeriu alterações que gerassem maior garantia para a abertura do comércio nos feriados, da mesma forma como ocorre para os domingos
Crédito
Agência Brasil

O relator da MP 881/2019, deputado federal Jerônimo Goergen, acrescentou à medida provisória da liberdade econômica um pedido feito pela Fecomércio-RS. A Federação sugeriu alterações que gerassem maior garantia para a abertura do comércio nos feriados, da mesma forma como ocorre para os domingos, uma vez que o texto original deixava dúvidas nesse ponto. A MP 881/19 institui a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica como forma de remover obstáculos burocráticos para as empresas.

A emenda parlamentar de Goergen foi sugerida a ele pelo presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, em uma reunião em Porto Alegre no dia 24 de junho. O dirigente reforçou, durante a entrega de documento com o posicionamento, a necessidade de uma retificação que garantisse que o texto da medida provisória pudesse ser aplicado com segurança jurídica pelas empresas.

Na Medida Provisória 881/2019, é direito de todos desenvolver a atividade econômica em qualquer horário ou dia da semana, inclusive feriados. Além disso, através da emenda ficam revogados os artigos 6º e 6-B, bem como o artigo 6-A da Lei 10.101/2000 que condicionava a abertura do comércio em geral em feriados à existência de convenção coletiva de trabalho.