Sistema Fecomércio-MS participa do programa Investe Turismo

AddToAny buttons

Compartilhe
12 A 13 jul 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Lançamento do Programa Investe Turismo, que terá parceria da Fecomércio-MS, por meio do Senac
Lançamento do Programa Investe Turismo, que terá parceria da Fecomércio-MS, por meio do Senac
Crédito
Afrânio Pissini - Sebrae/MS

Lançado em Bonito (MS) o Programa Investe Turismo prevê um pacote de incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviço e inovação para o setor, desenvolvido pelo Ministério do Turismo (Mtur), Sebrae e Embratur, conta com a parceria da Fecomércio-MS, por meio do Senac, com investimentos de R$ 500 mil em ações de treinamento e consultorias. Com a participação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e do presidente do Sistema Fecomércio-MS, Edison Araújo, a solenidade ocorreu em 3 de julho, em Bonito, cidade localizada a 297 km da capital de Mato Grosso do Sul.

“Com esse investimento inicial, pretendemos garantir mais de 600 matrículas em cursos presenciais e a distância, que vão do nível básico ao nível técnico, nas áreas da gastronomia, hotelaria, turismo e eventos, contribuindo para o desenvolvimento do turismo em nosso Estado, por meio da qualificação profissional”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio-MS, Edison Araújo.

Para ele, é preciso que o turismo em MS seja entendido como uma potencialidade econômica. “Precisamos fomentar o setor e seus efeitos multiplicadores se estenderão a diversos segmentos, como bares, restaurantes, hotéis, transporte, entre outros, fazendo a economia girar”, diz.

No Estado, serão mais de R$ 6 milhões para estimular o turismo. O Programa Investe Turismo vai atender a região do Pantanal Sul (Miranda, Aquidauana e Corumbá) e da Serra da Bodoquena (Bonito, Bodoquena e Jardim). As regiões foram escolhidas pelo MTur, com base em critérios técnicos, como estar presente no Mapa Brasileiro do Turismo 2018 e ter, pelo menos, um destino turístico consolidado no mercado internacional. Em todo o país, foram contempladas 30 rotas turísticas em 158 municípios, atingindo quatro mil empresas.

Para o diretor regional do Senac, Vitor Mello, o incentivo ao turismo é válido e a qualificação profissional ocupa um papel importante nesse processo. “O Senac se propõe a qualificar essa mão de obra. Ao longo de 2019, vamos investir R$ 1,7 milhão no segmento do turismo no Estado, com a realização de cerca de 1,6 mil matrículas e mais de 100 mil horas efetivas de cursos voltados para a área”, explica.

Ainda no evento, foi assinado o Convênio de Cooperação Geral para o Desenvolvimento do Turismo do Mato Grosso do Sul. Até o momento, mais de 90 empresários já aderiam ao projeto, que vai beneficiar micro e pequenas empresas dos segmentos do turismo e de produção associada, incluindo gastronomia, agroindústrias e os empreendimentos da economia criativa, como artesanato, designers, audiovisual, entre outros.