Valdeci Cavalcante anuncia criação de Banco de Olhos no Piauí

AddToAny buttons

Compartilhe
15 A 16 set 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
O Brasil possui mais de 40 mil pessoas na fila do transplante de córnea. No Piauí, 402 pessoas entre adultos e crianças estão mais de um ano na fila de espera.
Crédito
Sesc-PI

Uma parceria inédita entre o Lions Clube, Sesc e o Hospital de Olhos Francisco Vilar proporcionou a criação de um Banco de Olhos no Piauí. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 14/09, pelo presidente da Fecomércio Sesc Senac no Piauí, Valdeci Cavalcante, durante encontro com integrantes do Lions Clube Teresina Cidade Verde, na Administração Regional do Sesc.

A criação da Fundação Lions Banco de Olhos é um marco na história da oftalmologia. “Esse banco vai ter uma repercussão mundial. Todos vão sabre que no Brasil, no Piauí, em Teresina existe um Banco de Olhos que atende as pessoas que estão na fila do transplante de córnea”, destaca Cavalcante.

O programa Banco de Olhos do Lions Cube Internacional está presente em nove países em quatro continentes. Os bancos recuperam, avaliam e distribuem tecido do olho humano para a restauração da visão, pesquisa e educação.

O Brasil possui mais de 40 mil pessoas na fila do transplante de córnea. No Piauí, 402 pessoas entre adultos e crianças estão na fila de espera de mais de um ano.

No mundo 253 milhões de pessoas são cegas ou têm deficiência visual, 89% delas vivem em países em desenvolvimento, com é o caso do Brasil. É aí onde entra o trabalho que a Fundação Lions desenvolve, tendo por objetivo estratégico conter a cegueira evitável e melhorar a qualidade de vida das pessoas cegas e portadoras de deficiências visuais.

Segundo a diretora Administrativa do Hospital Francisco Vilar, Raquel Vilar, o Banco de Olhos deve ser instalado até o final de 2020 e funcionará nas imediações do Hospital de Olhos Francisco Vilar. O Banco vai realizar transplantes de córneas, residências médicas e desenvolvimentos de pesquisas no Piauí.

Sobre o Lions

O Lions Clube é uma entidade pioneira no combate à cegueira no mundo. Atua há mais de 100 anos acolhendo pessoas, focado principalmente em causas como visão, meio ambiente, câncer infantil e fome.

Conta com 45 mil clubes distribuídos em 200 países e regiões. Atua principalmente em cinco causas globais: diabetes, visão, meio ambiente, câncer infantil e fome.

Leia mais no site do Sesc-PI.