10 A 11 dez 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
José Roberto Tadros vai participar da 10ª edição da Medalha Grandes Amazônidas, na Fiepa, nesta sexta-feira (17)
José Roberto Tadros vai participar da 10ª edição da Medalha Grandes Amazônidas, na Fiepa, nesta sexta-feira (17)
Crédito
Edvaldo Reis

14/02/2020

O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros, recebe, na noite desta sexta-feira (14/2), homenagem feita a personalidades que contribuem para o desenvolvimento da Amazônia Continental. A cerimônia será realizada pela Associação PanAmazônia, na Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), às 19h.

Esta será a 10ª edição do prêmio Medalha Grandes Amazônidas, que vai homenagear, além do presidente da CNC, nomes como: General Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; Jader Filho, presidente estadual do MDB no Pará; e Rubens Magno Júnior, diretor-superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Pará.

25 A 26 out 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
José Roberto Tadros esteve com o presidente da CAC, Jorge Luis Di Fiori, para tratar dos desafios do atual cenário político e financeiro mundial. À esq., Carlos Arecco; à dir., Natalio Mario Grinman, ambos também da CAC
José Roberto Tadros esteve com o presidente da CAC, Jorge Luis Di Fiori, para tratar dos desafios do atual cenário político e financeiro mundial. À esq., Carlos Arecco; à dir., Natalio Mario Grinman, ambos também da CAC
Crédito
Divulgação

10/02/2020

O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros, esteve na última semana em missão na Argentina, onde se encontrou com a cúpula das câmaras empresariais de comércio do Mercosul no país. Na agenda, considerada estratégica para a CNC, constaram ainda reuniões com empresários e associações para debater a desburocratização, as barreiras, além de caminhos para fortalecer as relações comerciais entre os países.

O presidente da CNC reuniu-se com o presidente da Câmara Argentina de Comércio e Serviços (CAC), Jorge Luis Di Fiori, para debater os desafios do atual cenário político e financeiro mundial e de que forma impactam os avanços necessários para o fortalecimento do comércio no Mercosul - considerando os princípios que regem a carta do Mercosul para 2020. Também participaram da reunião o secretário da CAC, Natalio Mario Grinman, e Carlos Arecco, presidente da Arecco Ingenieria e também membro da CAC.

O presidente da Confederação também se reuniu com o Embaixador do Brasil na Argentina, Sérgio França Danese, para debater a relação comercial entre os países. A embaixada declarou que ficará à disposição da CNC para realizar eventos com o intuito de fortalecer a integração entre Brasil e Argentina.

José Roberto Tadros se encontrou ainda com Eduardo Eurnekian, presidente da Corporación América, e com Carolina Barros, diretora internacional de relações públicas da empresa. Na pauta, os desafios para os empresários de comércio e serviços, diante do cenário mundial. Também estiveram presentes Marisa Bircher, ex-secretária de comércio exterior do Governo Macri, e Carlos e Bernardo Arecco, membros da CAC.

Para fechar a agenda, Tadros foi à Bolsa de Comércio de Buenos Aires, a convite do presidente da instituição, Adelmo Gabbi, e do gerente de desenvolvimento do mercado de capitais, Cláudio Zuchovicki. No encontro, foram abordados diversos temas da área econômica internacional que interessam ao comércio e ao turismo brasileiro.

25 A 26 out 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Com a geração de 376 mil novas vagas de trabalho, setor de comércio é protagonista em queda da taxa de desemprego
Com a geração de 376 mil novas vagas de trabalho, setor de comércio é protagonista em queda da taxa de desemprego
Crédito
Divulgação

03/02/2020

O bom momento do comércio, estimulado pelas contratações de fim de ano, ajudou o País a terminar o trimestre encerrado em dezembro com a taxa de desemprego em queda, fechando 2019 em 11% - menor patamar desde março de 2016 -, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi registrada a geração de 376 mil novas vagas no setor em relação ao trimestre terminado em setembro. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a melhora no indicador é consequência direta da nova política econômica adotada pelo Governo, que tem resultado em fatores como inflação e juros baixos. 

Segundo o presidente da CNC, José Roberto Tadros, a percepção de uma recuperação gradual da economia já havia sido sinalizada pelos aumentos da confiança dos empresários do comércio (Icec) e da intenção de consumo das famílias (ICF), que tiveram, em janeiro de 2020, seus melhores índices em anos. "Estamos atravessando agora, com esse choque de capitalismo, uma readaptação das nossas estruturas econômicas, e o trabalhador, por sua vez, se sente seguro no seu emprego e se acha apto a consumir", afirma Tadros, indicando que a tendência é que o desemprego diminua cada vez mais, mantida a conjuntura atual.

Informalidade

Por outro lado, ainda de acordo com o IBGE, 2019 também marcou recorde nos empregos informais, com 38,7 milhões de pessoas sem carteira assinada. Na comparação com 2018, o ano passado registrou um aumento de um milhão de pessoas no grupo da informalidade. De acordo com o presidente da CNC, o cenário não deve mudar enquanto a reforma tributária não for aprovada. "Hoje, o ambiente de negócios no Brasil não é propício pra novos investimentos, notadamente no campo da micro e pequena empresa, que não conseguem ter lucratividade, porque os impostos sugam todo o lucro e não permitem que você tenha estímulo a empreender", destaca Tadros, que completa. "Esperamos que, com a redução da carga tributária, crie-se um ambiente de negócio onde o empresário possa ter lucro, e que esse lucro seja transformado, obviamente, em novos investimentos, em emprego, em renda e em consumo". 

29 A 30 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Na assinatura do termo de cooperação, o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e o presidente da Fecomércio-PI, Valdeci Cavalcante
Na assinatura do termo de cooperação, o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e o presidente da Fecomércio-PI, Valdeci Cavalcante
Crédito
Fecomércio-PI

29/01/2020

Um termo de cooperação entre a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Piauí e o Banco de Brasília (BRB) vai disponibilizar produtos e serviços bancários aos associados da entidade. A solenidade de assinatura foi realizada nesta quarta-feira (29), no auditório do Senac, em Parnaíba.

 O presidente da Federação do Piauí, Valdeci Cavalcante, viajou a Parnaíba para assinar o convênio. A ideia é estreitar o relacionamento entre o Banco de Brasília e o quadro associativo da Fecomércio Piauí.

De acordo com o contrato, os recursos provenientes do termo de cooperação deverão ser usados exclusivamente em finalidades ou projetos que atendam rigorosamente às normas legais e regulamentares dos órgãos fiscalizadores no âmbito financeiro e de meio ambiente. Inicialmente será instalado um escritório de negócios do banco em Parnaíba, que posteriormente será substituído por agência do Banco de Brasília na cidade.

Criado em 1964, o BRB é uma instituição financeira, de economia mista, cujo maior acionista é o Governo do Distrito Federal. O banco possui mais de 45 mil pontos de atendimento em todo o País e chega ao Piauí com o propósito de incentivar as ações empreendedoras.

Para Valdeci Cavalcante, esta é uma oportunidade para instituições associadas à Fecomércio de obter recursos para realização de projetos que vão transformar a vida das pessoas. “Nós temos buscado estabelecer parcerias e serviços para nossos associados, de modo que sejam viabilizados projetos de grande alcance social”, reforça o presidente da Fecomércio Piauí.  

Serviços que o BRB oferece

·         Crédito consignado BRB Serv

·         Crédito pessoal

·         Cheque especial Brasília

·         Antecipação de salário

·         Antecipação de 13º

·         Antecipação de férias

·         Crédito imobiliário

·         Financiamento de lotes urbanos

·         Crédito ao comércio exterior

·         Crédito rural

·         Crédito industrial

·         Portabilidade de operações de crédito

29 A 30 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
A cidade do Rio de Janeiro terá o Dia D de vacinação contra o sarampo, no dia 1º de fevereiro, com todas as unidades municipais de saúde da rede de Atenção Primária funcionando das 8h às 17h.
A cidade do Rio de Janeiro terá o Dia D de vacinação contra o sarampo, no dia 1º de fevereiro, com todas as unidades municipais de saúde da rede de Atenção Primária funcionando das 8h às 17h.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) criou um plano de intensificação da vacinação contra o sarampo na cidade do Rio de Janeiro. A estratégia possui duas frentes de atuação: a realização de uma campanha para verificar a situação vacinal de trabalhadores de categorias profissionais que atuam em contato direto com turistas que chegam à cidade, e o aumento das ações para atingir a faixa etária recomendada para imunização, o que inclui o Dia D de vacinação contra o sarampo no município, no próximo sábado, dia 1º de fevereiro.

No dia 27 de janeiro, a SMS deu início à campanha de verificação do estado vacinal de taxistas e demais motoristas profissionais, de trabalhadores da rede hoteleira e de profissionais que atuam nas unidades de saúde públicas e privadas. Para a verificação, a Prefeitura vai até os locais onde esses profissionais trabalham e a vacinação, para quem não tomou as duas doses, é feita em postos volantes montados em hotéis e nos terminais de abastecimento de taxistas nos aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

A expectativa é que seja verificada a situação vacinal de mais de 100 mil pessoas, entre elas dois mil taxistas e 48 mil profissionais da hotelaria. O objetivo é aumentar a proteção à população e manter o controle da transmissão, cujo risco aumenta com a circulação de visitantes provenientes de outros países e regiões do País. Segundo a Riotur, para o Carnaval 2020 são esperados cerca de 2 milhões de turistas na cidade.

O Dia D - A vacinação contra o sarampo já é rotina nas 233 unidades (clínicas da família e centros municipais de saúde) e está disponível durante todo o ano. Mas, para ampliar a barreira de proteção contra a doença, a SMS realiza no próximo sábado, 1º de fevereiro, o Dia D de vacinação contra o sarampo, com todas as unidades municipais de saúde da rede de Atenção Primária funcionando das 8h às 17h, além de postos extras montados em todas as regiões da cidade.

A recomendação é que os cidadãos com idade até 59 anos procurem os postos para avaliar se há necessidade de serem vacinados. É importante ainda que os pais não deixem de vacinar as crianças a partir de 6 meses.

Apesar dos esforços para a erradicação do sarampo, no Brasil e em outros países têm surgido casos da doença, que já estava controlada. Em 2018, houve 17 casos confirmados no município. Em 2019, foram 102, sendo que o primeiro caso confirmado foi o de uma médica que trabalhava em São Paulo. Aliás, somente na cidade de São Paulo, foram mais de oito mil casos confirmados no ano passado. Em 2020, a cidade do Rio registrou, até o momento, oito casos confirmados da doença. Outros 96 estão em investigação.

Fonte: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro 

24 A 25 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
O vice-presidente da Fecomércio-TO Romeu Capra com a senadora Kátia Abreu no estande da Federação
O vice-presidente da Fecomércio-TO Romeu Capra com a senadora Kátia Abreu no estande da Federação
Crédito
Fecomércio-TO

24/01/2020

A Fecomércio-TO recebeu, em 23 de janeiro, em Palmas, a visita da senadora Kátia Abreu durante a 9ª edição do evento Palmas Shoes + Fashion, realizado, este ano, no período de 19 a 26 de janeiro, com a presença de representantes comerciais de mais de 200 marcas.

A senadora foi recepcionada pelo vice-presidente da Fecomércio-TO Romeu Capra e pela diretora executiva da Fecomércio, Alexandra Bramatti, no espaço reservado à Federação, ao Sindicato dos Representantes Comerciais do Tocantins (Sirecom) e ao Conselho Regional dos Representantes Comerciais (Core-TO).

Romeu Capra considerou bastante positiva a presença da parlamentar. “Nós ficamos orgulhosos pela valorização deste evento e agradecemos muito a visita da senadora, que atenciosamente ouviu as demandas repassadas a ela sobre esta categoria que traz o fomento e gera negócios no Tocantins”, disse.

A feira

A Palmas Shoes + Fashion é aberta ao público e apresenta as tendências para 2020 em calçados, confecções, acessórios, cama, mesa, banho, entre outros.

Os comerciantes consideram boa oportunidade para fechar negócios e tomar conhecimento das novidades e tendências para o ano. Participaram cerca de 160 expositores na edição de 2020. 

22 A 23 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Os trabalhadores do comércio e seus dependentes, que possuem o Cartão Sesc, só precisam digitar o CPF na entrada do restaurante
Os trabalhadores do comércio e seus dependentes, que possuem o Cartão Sesc, só precisam digitar o CPF na entrada do restaurante
Crédito
Divulgação

Com capacidade de 400 refeições por dia, o Sistema Fecomércio-Sesc-Senac de Mato Grosso inaugurou no dia 21 de janeiro o restaurante Sesc Alimenta Comerciário, exclusivo para trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes. O restaurante funciona de segunda a sexta-feira, das 11 horas às 13h30, na Av. Tenente Cel. Duarte, nº 2140, no bairro Porto, na capital do estado.

O ticket médio de consumo fica em torno de R$ 4,60, com o preço do quilo a 12 reais. O cardápio foi elaborado por nutricionistas do Sesc Mato Grosso, com opções de saladas, dois tipos de carne e pratos tradicionais da culinária brasileira.

A cerimônia contou com a presença do presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, dos diretores do Sesc, Carlos Alberto Rissato, e do Senac, Eliana Salomão, e parte do conselho das instituições do Comércio em Mato Grosso. O presidente do Sindicato do Empregados do Comércio de Cuiabá (SECC), Olavo Dourado Boa Sorte, também participou da inauguração.

José Wenceslau de Souza Júnior lembrou que não há recursos do governo no empreendimento. “O Sesc Alimenta é um dos serviços subsidiados pelos empresários para os trabalhadores”.

Já o conselheiro do Sesc Mato Grosso, Roberto Peron, destacou que é um projeto de valorização do ser humano. “Este é um momento concretizado para uma sociedade mais justa, igualitária e de qualidade”.

A qualidade também foi apontada pelo diretor Carlos Alberto Rissato. “Para nós, foi um prazer podermos ter feito um restaurante de altíssima qualidade, seguindo as diretrizes da Fecomércio”, finalizou.

Cartão Sesc

Os trabalhadores do comércio e seus dependentes, que possuem o Cartão Sesc, só precisam digitar o CPF na entrada do restaurante.

Já os trabalhadores do comércio que ainda não possuem o Cartão precisam solicitá-lo na Central de Relacionamento com o Cliente, localizado no Sesc Arsenal.

20 A 21 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Prêmio Sesc de Literatura impulsiona a renovação no panorama literário brasileiro e enriquece a cultura nacional
Prêmio Sesc de Literatura impulsiona a renovação no panorama literário brasileiro e enriquece a cultura nacional
Crédito
Sesc

20/01/2020

As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura, um dos mais importantes do País, foram abertas hoje (20/01). Os autores estreantes podem inscrever suas obras inéditas nas categorias Romance ou Conto. Os interessados têm até 20 de fevereiro para concluir o processo de inscrição, que é gratuito e online.

Ao oferecer oportunidades aos novos escritores, o Prêmio Sesc de Literatura impulsiona a renovação no panorama literário brasileiro e enriquece a cultura nacional. Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de dois mil exemplares. Desde a sua criação, mais de 14 mil livros foram inscritos e 29 novos autores foram revelados.

A premiação foi criada em 2003 e se consolidou como a principal do País para autores iniciantes. No ano passado, houve recorde de inscritos com 1.969 obras, sendo 1.043 romances e 926 livros de contos.

O processo de curadoria e seleção das obras é criterioso e democrático. Os livros são inscritos pela internet, gratuitamente, protegidos por pseudônimos. Isso impede que os avaliadores reconheçam os reais autores, evitando qualquer favorecimento.

A relevância do Prêmio Sesc também pode ser medida por meio do sucesso dos seus vencedores, que vêm sendo convidados para outros importantes eventos internacionais, como a Primavera Literária Brasileira, realizada em Paris, o Festival Literário Internacional de Óbidos, em Portugal, e a Feira do Livro de Guadalajara, no México.

O regulamento completo pode ser acessado AQUI. www.sesc. com.br/portal/site/premiosesc

06 A 07 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Notas da instituição ultrapassaram a de países como Finlândia, Japão, Canadá e Estados Unidos
Notas da instituição ultrapassaram a de países como Finlândia, Japão, Canadá e Estados Unidos
Crédito
Divulgação

06/12/2019

Reconhecida como referência no Brasil, a Escola Sesc de Ensino Médio, localizada em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, alcançou resultados superiores ao de países como Finlândia, Japão, Canadá e Estados Unidos no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – Pisa. O programa é desenvolvido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), formada por países-membros que se dedicam a promover o desenvolvimento econômico e o bem-estar social.

“Atingir um resultado no Pisa muito acima da média nacional e de muitos países de primeiro mundo reafirma nosso compromisso em seguirmos abertos ao diálogo e contribuindo com outras instituições e contextos escolares, pelo desenvolvimento de uma educação nacional que nos orgulhe e nos inspire. Isso só aumenta a nossa responsabilidade social”, destaca o Diretor da Escola Sesc de Ensino Médio, Luiz Fernando de Moraes.

Desempenho reflete diferenciais da Escola

No campo Leitura, o desempenho médio dos alunos da Escola Sesc foi de 557,8 pontos, enquanto a média dos demais países participantes foi de 493. Entre as demais instituições brasileiras avaliadas, a média foi de 407 pontos. Em matemática, o resultado dos estudantes da Escola Sesc de Ensino Médio foi de 546,8 pontos, superando de forma significativa os 377 pontos obtidos pelos demais alunos brasileiros no Pisa e a média mundial, que foi de 490. Nesta disciplina a maior pontuação foi obtida por Singapura, 564 pontos. Em Ciências, a Escola Sesc alcançou 552,6 pontos, ultrapassando a média nacional (401) e dos países participantes da OCDE (493). Singapura também obteve a maior média de desempenho na disciplina, com 553 pontos.

Os resultados do Pisa revelam o que pode ser feito na educação, ao mostrar o que alunos dos sistemas educacionais de melhor desempenho e de crescimento mais rápido são capazes de fazer. O programa avaliou 46 escolas brasileiras, de seis estados (CE, MG, PE, RJ, RS e SP), sendo 33 públicas e 13 particulares. A escolha das escolas avaliadas foi feita de acordo com amostragem da OCDE, considerando também resultados em outras avaliações no país das instituições de ensino.

“Investir no desenvolvimento pessoal e de novas habilidades dos alunos, além do preparo para o acesso ao Ensino Superior, é um dos diferenciais da Escola Sesc de Ensino Médio. Oferecemos aos nossos estudantes a oportunidade de participar de atividades culturais e esportivas, de frequentar aulas práticas em laboratórios e de trocar experiências com jovens de todos os estados do país”, reforça Moraes.

Sobre a Escola Sesc de Ensino Médio

A Escola Sesc de Ensino Médio está instalada em campus de 131 mil metros quadrados e conta com uma das melhores estruturas de ensino do país, incluindo Espaço Cultural, laboratórios, biblioteca, ateliers de arte, complexo esportivo, piscina semiolímpica, sala de ginástica e musculação, restaurante, além de vilas residenciais para estudantes e professores.

Inaugurada em 2008, é uma instituição de ensino integral totalmente gratuita, que atende alunos de todos os estados do país. Oferece atividades extracurriculares e o que há de mais moderno em equipamentos e tecnologia. Os estudantes são acompanhados por professores, tutores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais, garantindo-lhes assistência individualizada e mediação permanente para aprendizagem.

06 A 07 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Palestra sobre a Medida Provisória nº 905, que cria o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo é realizada na Fecomércio-PE
Com a proposta, espera-se 1,8 milhão de empregos até o fim de 2022
Crédito
Fecomércio-PE

06/01/2020

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Simonetti Marinho, realizou palestra sobre a Medida Provisória nº 905, que cria o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, destinado a jovens de 18 a 29 anos em busca do primeiro emprego, na Fecomércio-PE, em 20/12.

O presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-PE, Bernardo Peixoto, disse ser de suma importância aproximar o empresariado pernambucano às reformas que estão sendo propostas pelo governo federal. “Com o programa Verde e Amarelo, são esperadas diversas ações para melhoria do ambiente de negócios.”

Segundo ele, a Fecomércio-PE está atenta às mudanças, “já que o ganho para o setor do comércio será indiscutível”, analisou Peixoto. Editada pelo governo federal em novembro, a MP 905 também institui medidas para fomentar o microcrédito.

Com a proposta, espera-se 1,8 milhão de empregos até o fim de 2022, destacou o secretário especial Rogério Marinho. “No País, 25% dos desempregados estão na faixa etária de 18 a 24 anos”.

O Contrato de Trabalho Verde e Amarelo estimula a contratação desses jovens, que muitas vezes estão à procura do primeiro emprego. Durante o evento, Marinho também comentou o cenário econômico do País e a agenda de reformas do Ministério da Economia.

O encontro reuniu cerca de 150 pessoas, no Senac, e contou com a participação do deputado federal Silvio Costa Filho e do presidente do Grupo EQM, Eduardo de Queiroz Monteiro.

Estiveram presentes no evento o presidente do Sindaçúcar-PE, Renato Cunha; o superintendente regional do Trabalho e Emprego em Pernambuco, Geovane Freitas; a Diretoria do Sistema Fecomércio, empresários locais e imprensa.