16 November, 2017

Sesc Pantanal investe em energia

Sesc Pantanal investe em energia

Crédito: Divulgação

Sesc Pantanal investe em energia

Adicionar aos meus Itens 

O Sesc Pantanal inaugurou em 13 de novembro sua primeira usina solar em uma área de 28.650 metros quadrados, localizada em Poconé, no Mato Grosso. Planejado em plataforma suspensa ante o regime das cheias na região, o projeto de sistema de geração fotovoltaica é um importante marco de sustentabilidade. A usina abastecerá o Hotel Sesc Porto Cercado, referência em hotelaria e ecoturismo no Pantanal brasileiro. O novo empreendimento faz parte das ações em comemoração aos 20 anos de atuação do Sesc no Pantanal.

Com 1.260 placas e capacidade instalada de 300 kW/h, a usina passa a produzir mensalmente 49.500 kW/h, o suficiente para suprir a necessidade por energia elétrica de 60% do Hotel Sesc Porto Cercado e o equivalente ao consumo de 309 famílias de até quatro pessoas no decorrer de um mês.

A inauguração da usina teve a presença do idealizador do Sesc Pantanal, o presidente do Conselho Nacional do Sesc e da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Antonio Oliveira Santos. “O Sesc Pantanal é história que vem da força desse povo que aqui vive. É uma alegria para nós celebrar 20 anos de Sesc Pantanal, numa região que é exemplo para o Brasil e para o mundo. A energia sustentável é para onde temos que caminhar”, declarou.

A energia gerada irá para a rede de distribuição pública e o valor referente à produção, deduzido nas contas de energia do hotel, conforme o sistema de compensação. Hoje, a unidade Sesc Porto Cercado já conta com sistema de aquecimento solar da água para os chuveiros, entre outras iniciativas de sustentabilidade. “O hotel pode ser considerado uma espécie de modelo para o turismo sustentável, pois sua gestão contribui de diversas maneiras à sustentabilidade. Além do uso da energia renovável, a unidade também faz o tratamento de água, esgoto e resíduos sólidos, assim como a compostagem do lixo orgânico, que vira adubo e é utilizado na horta cultivada dentro das dependências do hotel”, destacou a diretora do Sesc Pantanal, Christiane Caetano.

Toda a implantação da usina solar foi licenciada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e segue a legislação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estabelece as condições gerais para a microgeração de energia.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.