26 September, 2018

Turismo quer destaque na pauta política

Turismo quer destaque na pauta política

Crédito: Carla Zigon

Turismo quer destaque na pauta política

A abertura da 46ª ABAV Expo Internacional de Turismo e do 50º Encontro Comercial Braztoa, em 26 de setembro, no Auditório Elis Regina, em São Paulo, foi marcada pelo discurso unificado das lideranças do turismo para que o setor seja prioridade na pauta política dos candidatos à Presidência da República, aos governos estaduais e aos cargos legislativos nas eleições nacionais em 2018. 

Geraldo Rocha, opresidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav Nacional), entidade responsável pel ABAV Expo, lembrou a força do setor com números da própria feira, que este ano conta com mais de mil marcas expositoras, teve 20 mil inscrições prévias e, só para montagem do pavilhão, contratou 2,5 mil pessoas. “O Turismo tem que ser levado a serio. É o ramo da economia que mais rápido faz qualquer país se recuperar, tanto que movimentou US$ 163 bilhões em 2017”, disse Rocha. 

Desde 2009, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) é apoiadora e patrocinadora da ABAV Expo, e o presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur), Alexandre Sampaio, participou da abertura do evento. Ele lembrou que 25 das principais entidades e associações do turismo prepararam um documento com informações, dados e reivindicações do setor aos presidenciáveis. Sampaio tem a expectativa de que a classe empresarial comece a participar da política do setor mais ativamente. “Esperamos que a nossa contribuição seja considerada. O Turismo, apesar de ser realizado pela iniciativa privada, é impactado por políticas públicas”, afirmou o presidente do Cetur/CNC. 

A presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), Magda Nassar, que também é vice-presidente da Abav, enfatizou a necessidade de união pelo turismo. Ela falou da importância da diversidade para o País e da participação das mulheres nos espaços de liderança tanto no Turismo quanto em outros setores, tema que será debatido em painel na ABAV Expo 2018. "O número de mulheres na liderança no setor não nos permite nenhuma comemoração, mas estamos trabalhando arduamente para melhorar isso. E finalizo com um pedido especial: temos todos aqui cinco votos a escolher. Deem pelo menos um para uma mulher", defendeu Magda. 

Investimentos e produtividade 

A abertura da ABAV Expo e do Encontro Comercial Braztoa reuniu representantes da cadeia produtiva e autoridades. Presente ao evento, o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, apontou que os aumentos de produtividade e dos investimentos são as palavras-chaves para melhorar o ambiente de negócios e a economia do País. “O Brasil é um país caro e precisa se tornar mais eficiente para que os investimentos estrangeiros cheguem”, disse. Lummertz afirmou ainda que a economia brasileira sempre foi muito fechada, e que é preciso estabelecer uma agenda política para melhorar a produtividade. O ministro, que representou o presidente da República, Michel Temer, no evento, destacou a necessidade das reformas, como a da Previdência, e afirmou que a reforma trabalhista já diminuiu em 40% os processos trabalhistas. 

Apoiando as demandas das lideranças empresariais, a presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Teté Bezerra, afirmou que os pleitos do Turismo devem ter atenção prioritária do governo. Ela destacou a importância do evento como símbolo da unidade entre os representantes de diferentes segmentos em prol do Turismo. “É preciso transformar todo o potencial do Brasil em resultados, e para isso é preciso que o setor esteja na agenda política e nos planos do governo”, disse. 

“Qualificação, infraestrutura e promoção são motores essenciais para o Turismo e necessitam de combustível. Vivemos em um País em que sabemos o que precisa ser feito, com muitas práticas internacionais e de sucesso no mundo mostrando que o Turismo tem condições de salvar um país”, destacou o presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais do Turismo (Fornatur), Leandro Garcia, que é secretário de Turismo de Goiás. 

Para o Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, o Turismo e a indústria criativa serão os responsáveis por conduzir o País a ser a economia do século XXI. Segundo ele, estudos e pesquisas comprovam que a economia criativa movimenta grandes valores, que tendem a crescer cada vez mais. “Na minha visão, o grande drama do País é que tem muita gente que vive dos problemas e não das soluções", concluiu Sérgio Sá. 

A ABAV Expo e o Encontro Comercial Braztoa ocupam o Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, de 26 e 28 de setembro, das 12h às 20h.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.